Últimas da TV – James Akel (12/07)

PAU A PAU DE DOMINGO

ELIANA 6
ANA 5

ANA 6
CELSO 5

ELIANA 6
GUGU 6

DOMINGO ESPETACULAR 13
SILVIO 9

PAU A PAU DE SÁBADO

Raul Gil está sendo uma grande revelação no SBT.

Quando confrontado com a Record, durante todo seu programa, Raul deu 8 e a Record deu 7.
Tem mais, quando o horário é apenas aquele em que Raul bate direto contra Rodrigo Faro, Rodrigo tem apenas 8 e Raul tem 7.
E futebol teve contra os dois e não apenas um.

UMA NOVELA SECA

A novela Ribeirão do Tempo, da Record, não tem estrutura de novela que gere grande ibope.
Os personagens não têm perfil psicológico definido.
A novela não tem texto que crie cenário.
Não basta a existência do cenário de uma novela, se o texto não criar também o cenário.
Os diálogos são resultado da falta de definição do autor.
É nítido que o autor procura uma definição de rumos.
E isto o povo não aceita, não gosta de coisas indefinidas.
Esta novela deveria se pautar pela filosofia de Roque Santeiro.
Com a picardia de Roque e as tramas com aquele perfil.
Numa televisão, e em novelas, não é nenhuma vergonha a gente aprender e seguir os caminhos de quem acertou.
Mas o orgulho de se achar muito bom e não achar o caminho é o pior caminho de um novelista.

O MISTÉRIO DA CONTRATAÇÃO DO SBT

Um caso misterioso em televisão é a conversação da jornalista
Lorena Calábria, ex-TV Band,
com o diretor de jornalismo do SBT, Luiz Mineiro.
O SBT não vai criar nenhum novo jornal ao que se saiba.
E lá já existem as apresentadoras Cynthia Benini, Analice Nicolau e Karin Bravo que fazem bancada.
A não ser, claro, que criem um novo jornal na hora do almoço.

DOMINGO ESPETACULAR E EQUÍVOCO

Ontem, quando uma sequência de reportagens conta que um motorista de táxi do Rio foi agredido por cinco outros motoristas do Galeão, por ter pego passageiro sem ser táxi do Galeão, conta que a polícia estava à procura de todos agressores, mas em fato, todos foram localizados e inclusive dois tiveram as fotos publicadas na web.
É um caso tão grave e com identificações, coisa que o programa deveria ter explorado e mostrado as fotos e o passado de cada um.

RECORD E LAMENTÁVEIS LEGENDÁRIOS

Não dá pra entender que Honorilton Gonçalves continue teimando com este lamentável programa de nome Legendários.
Marcos Mion não dava ibope nem na MTV.

Mas Honorilton tem que se preocupar muito mais com o tal programinha.

Eu quero acreditar que Honorilton Gonçalves nem saiba que o tal programinha de nome Legendários vai ter a coragem de criar um personagem que vai achincalhar, fazer gozação, com o líder máximo do Espiritismo brasileiro, o Chico Xavier, notícia esta publicada ontem na Folha.
Vão criar um personagem que lembrará Chico, uma lenda do Brasil.
Vão brincar com a religião alheia e tentar descredibilizá-la.

Honorilton Gonçalves, o todo poderoso comandante da Rede Record, bispo da Igreja Universal, acionista da Record, não pode permitir que tal fato grotesco e sem precedentes aconteça na televisão sob seu comando.

Honorilton e sua Igreja podem criticar outras religiões, mas com respeito.
É um direito a crítica, num país de liberdade de religião, onde as  igrejas nem impostos pagam.
Mas fazer gozações, isto é inadimissível, inaceitável, dentro de uma emissora tão grande e com tantos planos de desenvolvimento.

Ao criar um personagem que vai fazer gozação com Chico Xavier, o programinha Legendários vai colocar
Honorilton Gonçalves e a sua Igreja numa situação pior que o famoso caso da Santa.
E tenho a certeza que Honorilton não deseja que a Record passe por uma situação pior que aquela, inda mais num momento  de difícil disputa contra a católica Globo.

Honorilton, já basta você ter permitido uma novela onde a igreja da praça não tem padre.
Já basta você ter permitido que Legendários entrasse no ar e tivesse tanto sexo gratuito, sem graça e agressivo.

Não permita que Legendários lhe traga mais saia justa ao apresentar um personagem que agrida a imagem de Chico Xavier.
Você vai ser inteligente o suficiente pra não permitir isso.

TV CULTURA PERDIDA

Dentro da TV Cultura começou uma bolsa de apostas sobre até quando aguenta lá na vice-presidência de conteúdo o jornalista
Fernando Vieira de Mello
.

Conhecido nos bastidores das emissoras pelo seu perfil desagregador, Fernando Vieira de Mello tentou a diretoria da RedeTV e do SBT, onde esteve conversando com Guilherme Stoliar.

Misteriosamente, Fernando foi parar na vice-presidência de conteúdo da TV Cultura, uma TV comandada pelo neófito no assunto João Sayad e seu lugar tenente Roberto Bianchi.

Tanto João Sayad quanto Fernando Vieira de Mello falaram bobagem esta semana ao afastar Gabriel Priolli da coordenadoria de jornalismo.

Depois de cinco dias de trabalho, de repente, tanto João quanto Fernando Vieira acharam que Gabriel não tinha o perfil que eles desejavam.

Falar isso depois de cinco dias agride a inteligência de qualquer leitor, por mais simplório que seja.

Cinco dias não dá tempo nem de se ter noção do perfil do coordenador do assunto.

Fernando Vieira tem um histórico estranho na TV Band.

Não fez nada que possa ter sido considerado sucesso de realização.

Ninguém entendeu o motivo de João Sayad tê-lo contratado.

Mas dá tempo de descontratar, e rápido, pois do jeito que a coisa vai, não vai ser sucesso além de criar situações exóticas.

Mesmo que tenha partido de João Sayad, por qualquer razão que seja, o afastamento de Gabriel Priolli, o fato em si tomou uma dimensão tão grande que demonstrou pra João Sayad que Fernando Vieira pode causar muita saia justa pela frente.

João pode tomar uma atitude rápida e trocar seu vice de conteúdo, que aliás nem deveria ter contratado.

Tem muita gente no mercado que ocuparia com competência televisiva e política tal cargo, como por exemplo o seu amigo Alexandre Machado.

Além de outros, como Albino de Castro, Alberto Luchetti, e outros que nem me lembro agora.

João, ainda dá tempo de salvar a TV Cultura.

James Akel

Anúncios

Obrigado por comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s