A cada quatro telespectadores, três assistiram aos jogos da Copa na TV fechada pelo SporTV

O canal SporTV liderou com ampla vantagem o ranking de audiência entre as emissoras esportivas durante a realização da Copa do Mundo. De acordo com dados do Ibope, a emissora das Organizações Globo foi líder na TV paga e registrou audiência 283% maior que sua principal concorrente, a ESPN Brasil, 12ª no ranking de canais por assinatura.

De acordo com a coluna Outro Canal, durante as partidas da Copa, a cada cem telespectadores sintonizados nas partidas pela TV por assinatura, 76 estavam acompanhando a transmissão do SporTV. ESPN e Bandsports dividiam os outros 24 espectadores.

A supremacia do SporTV também foi verificada em dias sem jogos da Copa, quando chegou a registrar audiência quatro vezes maior que a da ESPN.

https://i1.wp.com/a1.twimg.com/profile_images/228763076/pequeno_normal.gif

Anúncios

Globo tem menos ibope com Copa de 2010 do que em 2002

https://i0.wp.com/img.blogs.abril.com.br/1/novidadesdatv/imagens/redeglobo2.jpg

Dividir as transmissões da Copa de 2010 com a Band não foi um bom negócio para a Globo.

A audiência da emissora com o Mundial da África do Sul foi menor até do que com a Copa disputada na Coreia do Sul e no Japão, em 2002, transmitida no Brasil durante a madrugada, com exclusividade pela Globo.

Os 56 jogos da Copa de 2010 renderam à Globo média de 19,4 pontos na Grande São Paulo. Com a Copa de 2002, a rede teve 21,4 pontos de média.

A Band atingiu 5,3 pontos de média com o Mundial deste ano. Somadas, Globo e Band tiveram 24,7 pontos com a Copa de 2010. Sozinha, a Globo conseguiu mais em 2006: 26,4 pontos.

Cada ponto no Ibope da Grande São Paulo representa cerca de 60 mil telespectadores.

A Copa de 2010 foi marcada por uma aparente queda no interesse do telespectador pelo evento. O número de televisores ligados caiu (foi a 43,7%, contra 47,3% em 2006).

Além disso, a quantidade de aparelhos ligados e sintonizados em TV aberta também caiu. Durante os jogos, o percentual de TVs conectadas em DVD players e videogames subiu de 1,9% em 2006 para 2,9% em 2010. A “audiência” dos “outros canais” (conjunto de mais de 200 canais de baixa audiência, entre pagos, UHF e recebidos por parabólicas) foi de 2,8% em 2006 para 3,8% nesta Copa.

Assim, a participação da Globo no total de ligados (share), que foi de 75% em 2002 (quando a média de TVs ligadas era de 28,6%, menor do que agora, por causa do horário), caiu para 56% em 2006 e para 44% em 2010. Quando somadas as audiências de Globo e Band em 2010, a participação da Copa entre os televisores ligados empata com 2006.

A Copa de 2010 representou um espetacular crescimento para a Band. Sem os jogos, a emissora teve 0,5 ponto durante o Mundial de 2002 e 1,3 em 2006. O SBT, que marcava 3,4 pontos em 2002, atingiu 8 pontos em 2006 e caiu para 4,9 pontos em 2010, mesma audiência da Record (que marcou 4 em 2006 e 1 em 2002).

Daniel Castro – R7

Galvão Bueno anuncia que Copa de 2014 será a sua última como locutor

O narrador esportivo Galvão Bueno irá se aposentar. Durante a transmissão da final da Copa do Mundo, entre Espanha e Holanda, no último domingo (11), ele revelou que a Copa de 2014, no Brasil, será a última como locutor esportivo da Globo. “A Copa da África é a última que eu narro, fora do Brasil. O sentimento é de dever cumprido”.

Mais tarde, em um bate papo com Tiago Leifert, o jornalista voltou a tocar no assunto e disse estar satisfeito em ter feito a cobertura de dez Mundiais, sendo nove deles, diretamente do país sede. “A decepção da derrota para a Argentina em 90 foi muito forte, mas aquela final de 94 foi inesquecível. Aquela coisa maluca do Pelé puxando de um lado, o Arnaldo puxando do outro e a voz que já não vinha e gritava que acabou, que é tetra, uma coisa muito louca. E depois a volta por cima do meu querido amigo Ronaldo Fenômeno”, relembra.

Sobre a Copa de 2018, Galvão revelou que poderá até acompanhá-la de perto, entretanto, apenas como espectador. “A próxima Copa é no Brasil e depois, a outra, se pudesse falar como o nosso ex-presidente Jânio Quadros, eu diria o seguinte: Pode ser até que lá estarei, mas não trabalharei, apenas assistirei”, garante.

Galvão Bueno é locutor esportivo há mais de 35 anos. Começou na TV Gazeta, na cobertura da Copa de 1974, e depois acumulou passagens por Band, Rede OM (atual CNT) e Globo, para a qual se transferiu em 1981. No ano seguinte, Galvão se tornou o narrador número um da maior emissora do país, com a saída de Luciano do Valle. Narrou diversos eventos, como títulos mundiais de clubes, os tricampeonatos de Nelson Piquet e Ayrton Senna na “Fórmula 1” e o tetra e o penta da Seleção Brasileira.

https://i1.wp.com/a1.twimg.com/profile_images/228763076/pequeno_normal.gif

Final da Copa do Mundo garante audiência histórica na Espanha

A final da Copa do Mundo entre Holanda e Espanha, que deu o título de campeão para a “Fúria”, garantiu uma audiência histórica no país.

Cerca de 15.6 milhões de telespectadores estavam vendo a final da Copa em suas casas, bares ou restaurantes. Isso corresponde a 85.9% de audiência entre todas as emissoras da Espanha no momento da transmissão da partida.

A maior audiência registrada foi às 22h56 (horário de Madrid), quando cerca de 16.815 milhões de telespetadores estavam ligados na TV, o que representa 91% da audiência total.

No momento em que o jogador Casillas levantou a taça de Campeão da Copa do Mundo de 2010, o número chegou a 13.598.000 telespectadores.

Segundo o instituto que monitora os índices no país, com os dados já consolidados, a audiência das três emissoras que transmitiram a partida – Telecinco, Canal + e Canal + Liga –  foi de 20 milhões de telespectadores.

https://i1.wp.com/a1.twimg.com/profile_images/228763076/pequeno_normal.gif

Galvão Bueno diz que teve que se segurar para não criticar ainda mais a Seleção durante a Copa

O locutor esportivo Galvão Bueno revelou em entrevista à revista Isto É, que se segurou no ar para não criticar ainda mais a Seleção Brasileira e o trabalho desenvolvido pelo então técnico, Dunga, durante a Copa do Mundo, que terminou no último domingo (11) e teve a Espanha como campeão. “Conheço o Dunga há 27 anos. Acho que ele começou muito bem, caminhou bem e se perdeu inteiramente”, acredita.

Galvão ainda aproveitou para comentar os desentendimentos que o comandante da seleção teve com vários profissionais da imprensa, entre eles, Alex Escobar, da TV Globo. “Ele se alimentou de mais de uma coisa terrível na vida que se chama revanchismo. Ele se perdeu quando começou a brigar com todo mundo e a se alimentar das brigas”, diz Galvão, que ainda criticou o trabalho do auxiliar Jorginho e do supervisor técnico, Américo Faria.

https://i1.wp.com/a1.twimg.com/profile_images/228763076/pequeno_normal.gif

Aguinaldo Silva diz que Tiago Leifert é sem graça

http://itvibopedatv.files.wordpress.com/2010/01/aguinaldosilva-333-gnt-nota.jpg

Aguinaldo Silva, autor de novelas da Globo, criticou seu colega de emissora, o apresentador esportivo Tiago Leifert.

Em seu Twitter oficial, Aguinaldo disse: “Gente, onde arranjaram esse rapazinho louro e descontraído que comanda aquele debate na Globo depois dos jogos da Copa? Eu, hem..”.

Sobrou até para Paul, o polvo que acertava os resultados das partidas da Copa do Mundo, que terminou no último domingo (11) e teve a Espanha como campeã. “Aliás, não é só o rapazinho, tudo nessa Copa é sem graça… Mas o campeão da sem-gracice é tal do polvo”, escreveu.

https://i1.wp.com/a1.twimg.com/profile_images/228763076/pequeno_normal.gif

Ana Hickmann, Eliana e Gugu sofrem com final da Copa do Mundo

A exibição da final da Copa do Mundo, feita pela Globo e Band, que registraram 27 e 11 pontos respectivamente, tornou o domingo mais difícil para Ana Hickmann, Eliana e Gugu Liberato. As três atrações registraram baixos índices de audiência na tarde do último dia 11.


Divulgação/Record
Embora tenha sido o menos afetado, o “Tudo é Possível” fechou em baixa no Ibope. Foram apenas 6 pontos de média, contra 14 da Globo. Apesar disso, o programa de Ana Hickmann ocupou a vice-liderança isolada no ranking do Ibope. O SBT e a Band empataram em terceiro, com 5 pontos cada.
“Eliana”, por sua vez, foi a atração mais atingida no domingo com a final da Copa do Mundo. A média foi de 5 pontos, que posicionou o SBT na quarta colocação, sendo derrotado pela Record , que teve 6 pontos, Band, com 10 pontos, e Globo, que liderou com 25 pontos.

Divulgação/SBT
Por fim, o “Programa do Gugu” também sofreu com a Copa, porém, devido ao seu posicionamento na grade teve maior tempo para recuperar sua audiência. Gugu Liberato marcou 7 pontos de média com picos de 15, contra 8 da Band e 6 do SBT.
Esses índices são prévios e baseados na preferência de um seleto grupo de telespectadores da Grande São Paulo. Dados consolidados podem variar para mais ou menos pontos.

NaTelinha

Alex Escobar diz que não guarda mágoas de Dunga, mesmo após desentendimento com o ex-treinador da seleção

O jornalista Alex Escobar revelou, em entrevista ao repórter José Ilan, do blog Ilanhouse, que não sente mágoas do ex-treinador da Seleção, Dunga, com quem se desentendeu durante uma entrevista coletiva realizada após o jogo entre Brasil e Costa do Marfim, no dia 20 de junho.

“Fiquei dois dias bem chateado. Triste mesmo. Não fui para lá com essa intenção. Não ia nem fazer pergunta. Só Deus pode explicar o que aconteceu com ele. Mas o tempo cura tudo e hoje não guardo mágoa nenhuma do episódio. Se eu o encontrasse hoje, não teria o menor problema em cumprimentar o Dunga”, diz o jornalista, que pela primeira vez resolveu comentar o assunto na imprensa.

Apesar do desentendimento, Escobar aproveitou o espaço para elogiar o trabalho desenvolvido por Dunga à frente da Seleção. “Para se fazer justiça, acho que trouxeram uma seleção bem preparada fisicamente e ficamos para trás por um time bom que chegou à final”.

NaTelinha

Com o fim da Copa, emissoras preparam mudanças em seus departamentos esportivos

A Copa do Mundo chega ao fim neste domingo (11) e as emissoras brasileiras já se preparam para uma espécie de “dança das cadeiras” entre seus profissionais. A primeira mudança deverá ser a saída de Paulo Roberto Falcão do time de comentaristas da TV Globo.

Segundo o jornal Extra, a decisão já é dada como certa nos bastidores da emissora. Em junho, foi divulgado na imprensa que o comentarista estaria ingressando na carreira de dirigente esportivo e assumiria o cargo de diretor de futebol do Internacional.

Já o SporTV poderá sofrer uma baixa em sua equipe titular de locutores. Milton Leite recebeu proposta da Record e negocia sua possível transferência. Outro nome cotado na emissora da Barra Funda é o de Nivaldo Prieto, atualmente na Band. A Record pretende anunciar nos próximos meses vários reforços para sua equipe esportiva, que irá transmitir com exclusividade em TV aberta os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres.

Na RedeTV!, o apresentador Fernando Vanucci perderá espaço na programação. O “Bola na Rede” será extinto e o jornalista ganhará um quadro no novo debate esportivo do canal, que será comandado por Paloma Tocci e contará apenas com mulheres em sua bancada.

NaTelinha

Tiago Leifert deve ganhar espaço na Globo após a Copa

Tiago Leifert Foto: TV Globo/Divulgação

No Brasil seu nome foi tão comentado quanto a Jabulani, o mau-humor de Dunga e o polvo que acerta os resultados dos jogos. O jornalista Tiago Leifert se transformou em figura nacional por causa da Copa do Mundo, mas se despede amanhã do público, com a exibição do último Central da Copa, e volta a São Paulo, agora no comando do Globo Esporte. “Não sei como medir a repercussão do meu trabalho. Mas, de fato, me assustei com o tanto de entrevistas que dei e com a imitação que os Cassetas fizeram de mim. Poxa, é sinal de que estou conhecido mesmo”, brinca.

Apesar do sucesso, o apresentador garante que ainda não rolou nenhuma conversa com a Globo para ele passar a comandar um programa exibido em todo o Brasil. “Depois dessa empreitada, quero desfrutar meus cinco sábados e meus cinco domingos de folga. Tenho direito, sou um funcionário normal da emissora”.

Mas já é um funcionário rico depois de ter chamado tanta atenção? “Não estou rico. Mas ganho bem para me manter, já que não tenho que cuidar de uma família. Dá para investir nos meus vídeo games”, brinca ele, viciado em jogos. Parece que o dinheiro não aumentou muito, tampouco o assédio da mulherada. “Nunca fui um rapaz assediado e isso continua igual. Tenho namorada”, avisa.

Tiago não faz o gênero atleta frustrado que decidiu virar jornalista de esporte. Ele frisa que nunca pensou em ser jogador de futebol. “Sempre tive noção de minhas limitações”. Filho do diretor comercial da Globo Gilberto Leifert, ele diz que, no início da caminhada, sentiu preconceito. “Mas isso nunca foi gasolina para mim. Minha dedicação sempre foi a mesma, independentemente de meu pai”, diz. Para os cariocas que gostaram do moço, fica a esperança de vê-lo como turista pela cidade. “Adoro o Rio”, afirma.

Portal Terra

Alex Escobar diz que não guarda mágoa de Dunga

Estopim da crise entre Dunga e a imprensa, o jornalista da TV Globo Alex Escobar resolveu quebrar o silêncio após a confusão com o técnico ao final da partida entre Brasil e a Costa do Marfim, no dia 20 de junho.  Em entrevista ao colega José Ilan para o blog “Ilanhouse”, Escobar fala, pela primeira vez, sobre a polêmica entrevista coletiva em que foi ofendido pelo ex-técnico Dunga.

“Fiquei dois dias bem chateado. Triste mesmo. Não fui para lá com essa intenção. Não ia nem fazer pergunta. Só Deus pode explicar o que aconteceu com ele. Mas o tempo cura tudo e hoje não guardo mágoa nenhuma do episódio”, disse o jornalista. Elegante, Escobar elogia o trabalho de Dunga, sem deixar de estender a mão.

“Se eu o encontrasse hoje, não teria o menor problema em cumprimentar o Dunga”, afirmou. Para completar, Alex Escobar ainda elogiou o trabalho feito pelo ex-técnico: “Para se fazer justiça, acho que trouxeram uma seleção bem preparada fisicamente e ficamos para trás por um time bom que chegou na final”.

Retratos da Vida – Extra Online

‘Cala Boca Tadeu Schmidt’ é o tema mais comentado no Twitter

http://ocanal.files.wordpress.com/2008/12/150_913-tadeu.jpg

Mais um membro do departamento esportivo da Globo virou o tema mais comentado do Twitter, na internet. Quando Galvão Bueno narra os jogos, o já conhecido ‘Cala Boca Galvão’, que virou piada internacional, volta às timelines. Mas desta vez, Tadeu Schimidt é que foi o alvo. Os torcedores da Seleção Brasileira, pela primeira vez, se uniram para defender Dunga.
No programa Fantástico, da Globo, deste domingo (20), o jornalista mostrou o técnico da Seleção Brasileira ofendendo um dos repórteres da emissora durante a coletiva de imprensa, após a vitória da Seleção Brasileira por 3×1 contra a Costa do Marfim.
Ainda na segunda resposta do técnico da Seleção Brasileira, o jornalista Alex Escobar falava ao celular com Tadeu Schimidt – no meio da coletiva de Dunga – e balançou a cabeça, acenando que não, na conversa com Tadeu. O técnico se estressou, pensando que fosse uma negativa à sua resposta e perguntou se havia algum problema com o jornalista. Em seguida, começou a falar palavras de baixo calão e agredir verbalmente Alex.
Indignado com o comportamento de Dunga, Tadeu Schimidt fez uma matéria alfinetando o técnico e mostrando apenas as ofensas, sem revelar o conteúdo da coletiva de imprensa. Os torcedores brasileiros começaram a colocar no Twitter a tag ‘Cala Boca Tadeu Schimidt’, atacando o jornalista.

OFuxico

Cobertura da Copa 2010 – Só no Novidades da TV!

SBT contrata Pelé e se prepara para a Copa do Mundo

O ex-craque Pelé assinou contrato com o SBT na manhã desta terça-feira (16) e será a principal estrela da emissora de Silvio Santos na cobertura da Copa do Mundo na África do Sul. O rei do futebol comentará os jogos da seleção brasileira, além de participar dos telejornais da casa, já a partir de abril.

Divulgação

Além de Pelé, o SBT enviará para a África do Sul três equipes, que ficarão espalhadas pelo país realizando reportagens sobre o Mundial e o país sede. Entre os nomes do jornalismo da emissora que viajarão para a África estão Carlos Nascimento, Roberto Cabrini, Hermano Henning e César Filho.

O SBT prepara programas especiais para esse grande evento esportivo. Um “SBT Repórter Especial África do Sul” irá exibir tudo o que já foi feito e o que falta fazer para a realização do Mundial. A emissora também terá o “Boletim Minuto da Copa”, que será distribuído pela programação, apresentando informações sobre a história das Copas, as cidades sedes e os maiores craques.

Vale lembrar que a emissora não detém os direitos de exibição dos jogos, porém o SBT promete uma cobertura “quente” da Copa do Mundo 2010.

Pelé já desempenhou a função de comentarista de Copas do Mundo. Foi na Rede Globo, em 1994, 1998 e 2002. Especula-se que antes de fechar com o SBT, ele teria conversado com a Record e Band.

Pelé assina com o SBT e será um dos reforços para a Copa do Mundo

O SBT acaba de anunciar mais uma novidade para seu departamento de jornalismo. Trata-se da contratação do ex-jogador Pelé, que será uma das grandes apostas para a cobertura da Copa do Mundo a ser realizada neste ano, no continente africano.


Pelé, que estava negociando com a Band, vai para o SBT
Divulgação
Embora ainda não haja nada confirmado, Pelé deverá fazer rápidos comentários do mundial em programetes diários, que deverão durar no máximo dois minutos.
Com informações da coluna Canal 1.