Fiuk fala sobre ser filho de Fábio Jr.: “Não vejo ônus, vejo bônus”

Em entrevista ao “Megazine”, suplemente jovem do jornal O Globo, Filipe Galvão, o Fiuk, revelou que ser filho do cantor Fábio Júnior não atrapalhou em sua carreira. “Tem muita gente que não consegue sair desse lance de ser ‘filho de’. E eu fico feliz porque sai em seis meses. Ele é meu ídolo! Tem 40 anos de carreira, enquanto eu tenho um. Não vejo ônus, vejo bônus”, disse.

“Outro dia fiquei tranquilo. Um ser especial escreveu: ‘Bela trajetória ligar pro papai e pedir pra ele colocar na Globo’. Senti que não precisava explicar nada a ninguém”, provavelmente se referindo ao blogueiro Felipe Neto, com quem teve uma discussão pelo Twitter.

Aliás, o Twitter também foi alvo de comentários do novo galã global. “Havia época em que o acesso ao artista era difícil. Hoje, todos os ídolos têm. Mas 70% não sabem usar”.

Em relação às fãs, Fiuk disse que está acostumado, já que cresceu com isso. “Em todo show do meu pai, vinha gente tirar foto comigo. As fãs dele diziam: ‘Se não tem o pai, vai o filho’. Hoje eu não consigo andar em lugar nenhum”.

Terminando sua participação em “Malhação”, Fiuk encerrou a entrevista dizendo estar curtindo fazer televisão: “Quem sabe faço uma novela?”. Atualmente, ele comanda o “Jogo da Verdade”, quadro do “Fantástico” destinado ao público jovem.

NaTelinha

Anúncios

Erich Pelitz: ‘Estar em ‘Malhação’ não ajuda na hora de paquerar’

Gustavo Stephan

No ar como Victor em “Malhação” e frequentemente comparado ao ator americano Zac Ephron, o paulistano Erich Pelitz, 19 anos, está adorando a vida que leva no Rio, para onde se mudou em setembro passado, quando foi escalado para a novela. Morador da Barra da Tijuca, ele está encantado com a cidade grande que “tem tudo de uma metrópole e ainda tem praia”.

Mas nem sempre foi assim. Filho do meio de uma família de três filhos, ele custou a se acostumar à casa vazia. A mudança ainda coincidiu com o fim de um namoro de um ano e meio com uma menina de São Paulo.

– A gente usava até uma aliança, simbolizando o carinho. Mas agora estou solteiro, graças a Deus – diz Erich.

O ator explica: depois do namoro longo, que acabou por causa da distância, ele quer mesmo ficar sozinho por uns tempos. E o assédio feminino, é tão grande quanto ao do colega de elenco Fiuk?

– Quem me dera que eu fizesse tanto sucesso – despista. – O fato de estar em ‘Malhação’ não ajuda nem piora na hora da paquera.

Gustavo Stephan

Erich foi parar na novela quase que por acaso. Modelo desde criança, “para descolar uma grana”, ele soube do teste para o elenco de “Malhação” pelo seu agente. Mas nunca sonhou com a carreira na televisão. O que ele queria mesmo era ser jogador de futebol.

– Cheguei a jogar no São Paulo por três anos, mas tive que focar nos estudos. Aos 18, já estava velho demais para investir na carreira profissional – conta Erich, que acabou descobrindo a paixão pela carreira de ator pouco tempo depois.

– Quero continuar no Rio e correr atrás do prejuízo, fazer cursos – diz o paulistano, cujo contrato com a Globo termina em agosto. – Estou gostando muito do dia a dia de ator, sem rotina, com o carinho dos fãs.

As comparações com Zac Ephron também não o incomodam. Começaram nos tempos da escola, quando Erich, assim como o personagem de Ephron em “High School Musical”, jogava basquete com os amigos, depois da aula.

– Ele é bonitão e é bom ator. Fico feliz – diz.

Patricia Kogut – O Globo

Filho de Reginaldo Faria entra em “Malhação” para viver viciado em crack

A Globo resolveu abordar o problema do vício do crack em suas produções. Para isso, irá acrescentar na atual temporada de “Malhação” um personagem viciado nesta droga.

Jovem ator com seu pai, Reginaldo Faria
Foto: Jornal Extra

O papel será exercido pelo ator Carlos André Faria, que dará vida a João, um jovem, ex-aluno do Primeira Opção, que irá aparecer alterado no local em que Cristiana (Cristina Peres) patina. Na história, ele se tornará amigo do protagonista Bernardo (Fiuk) que o ajudará no tratamento e em sua recuperação.

Carlos André já fez pequenas participações em “A Grande Família”. Ele é filho do ator Reginaldo Faria e irmão de Marcelo Faria, com que divide os palcos na peça “Dona Flor e seus dois maridos”.

Globo altera autor e diretor de nova fase de “Malhação”

Visando elevar os índices de audiência de “Malhação”, que vêm caindo nos últimos anos, a Globo decidiu alterar o autor e o diretor do folhetim adolescente.

Baixos índices de “Malhação” faz Globo mudar autor e diretor
Na próxima temporada, cuja estreia está prevista para o final desse semestre, foram escalados Emanuel Jacobina e Ricardo Waddington. Jacobina, um dos criadores da novelinha, ficará encarregado pelo texto e substituirá Ricardo Hofstetter. Já Waddington, que também já dirigiu a trama, assumirá o lugar hoje ocupado por Mário Márcio Bandarra.
Com informações da coluna Controle Remoto.