Alexandre Avancini dirigirá minissérie sobre José do Egito

https://i1.wp.com/tv.i.uol.com.br/televisao/2011/05/10/o-diretor-de-novelas-alexandre-avancini-1152011-1305061456883_615x300.jpg

A Record escolheu Alexandre Avancini para ser o diretor-geral de sua próxima minissérie, José – De Escravo a Governador, sobre a história de José do Egito, prevista para ir ao ar no primeiro trimestre de 2013.

Avancini dirige atualmente Vidas em Jogo. Ele iniciará os trabalhos com José do Egito algumas semanas após o encerramento da novela, em abril. Antes, Avancini esteve à frente de produções como Caminhos do Coração e Vidas em Jogo.

Escrita por Vivian Oliveira, autora de Rei Davi, a sinopse de José – De Escravo a Governador já está aprovada pela Record.

Segundo Hiran Silveira, diretor de teledramaturgia, a minissérie terá 30 capítulos e custo semelhante ao de Rei Davi, em torno de R$ 25 milhões. Será, portanto, mais uma superprodução, porém com menos cenas de batalhas.

A princípio, as gravações serão todas no Brasil. “A história de José do Egito é uma história forte, mas não exige uma estrutura de produção como a de Davi”, diz Silveira.

Daniel Castro – R7.com

Anúncios

Joana Balaguer se prepara para início da produção de Sansão e Dalila, na Record

Joana Balaguer se prepara para início da produção de Sansão e Dalila, na Record

Joana Balaguer atualizou o seu bloglog na Internet e escreveu sobre a pré-estreia de Encontro Explosivo, no Rio, com participação dos astros Tom Cruise e Cameron Diaz e adiantou sobre a Sansão e Dalila, minissérie da Record, para a qual está escalada:
“Agora tenho uma nova casa: Record! Pois é, a vida nos surpreendendo sempre! Voltei há pouco mais de um mês e pronto, já estou trabalhando. Estou muitoooo feliz! Superempolgada e superfocada. E, além desses anos juntos que passarei, agora vou começar a série ‘Sansão e Dalila’,mas não posso ainda falar, porque estamos no comecinho. Mas quis dividir com vcs que em breve estarão me vendo na telinha de novo. Vida nova, tudo novo ;)”, escreveu ela.
Sobre a première de Encontro Explosivo, a atriz comentou que foi para ver a Cameon Diaz de perto, pois nem era tão fã do Tom Cruise, mas, quando o viu de perto, resolveu mudar de ideia:
“Fui assistir à pré-estreia do filme ‘Encontro Explosivo’, gente o que é o Tom Cruise??? Confesso que nem era fã dele, muito menos achava graça nele. Fui muito mais pela Cameron Diaz. Mas ao vê-los tive que mudar de ideia. Vocês não tem NOÇÃO da beleza dele, juro. Ela também é linda, mas ele deu um show de simpatia. Atendeu, sempre sorrindo, a todos!!!”, postou a atriz, encantada com o astro de Hollywood.
Acompanhe o bloglog da Joana Balaguer:

OFuxico

A Historia de Ester registra 11 pontos de média

https://i2.wp.com/ofuxico.terra.com.br/admin/smarty/templates/img_upload/2008/12/recordLOGO_NOTA.jpg

Na noite desta terça-feira, a minissérie História de Ester ficou em segundo lugar isolado na média de audiência.

Na faixa das 23h15 à 00h21, a adaptação de Vivian de Oliveira com direção geral de João Camargo , registrou 11 pontos de média, pico de 12 e share de 22%.

Record começa a gravar próxima minissérie bíblica em junho

Depois de produzir a minissérie “A História de Ester” que estreia na emissora no próximo dia 3, a TV Record apostará na produção de novas tramas bíblicas. Para isso, a autora Vívian de Oliveira, responsável pela adaptação da história da judia Ester, já está desenvolvendo uma sinopse de outra trama para o canal.


Diretor de dramaturgia acredita que mesmo com alto custo, minissérie trará retorno à emissora
Foto: Tales Copolla/NaTelinha

De acordo com o Jornal do Brasil, Vívian entregará a sinopse para a cúpula da emissora até o mês de março, já que a Record pretende começar a gravá-la a partir de junho. Em entrevista, o diretor de teledramaturgia Hiran Silveira revelou o motivo de o canal estar apostando em tramas bíblicas. “As histórias bíblicas são uma fonte inesgotável de ideias. No caso de Ester, temos um enfoque histórico e romântico, apenas com uma referência bíblica”, revela.

Cada capítulo de “A História de Esther” custará à emissora R$ 500 mil. “É mais caro do que um capítulo de novela. Mas tenho certeza de que o público vai dar o retorno que esse produto merece”, acredita Silveira.

Márcio Garcia poderá estrelar série de Antonio Calmon

Longe das telinhas desde o fim de “Caminho das Índias”, onde deu vida ao indiano Bahuan, Márcio Garcia já tem um novo trabalho pela frente.
O ator está confirmado em “Na forma da lei”, minissérie que Antonio Calmon – de “Três Irmãs” e “Começar de Novo” – está escrevendo para a Globo. A direção deverá ficar por conta de Wolf Maya, cujo último trabalho foi em “Cinquentinhas” e a estreia está prevista para junho ou julho.
Com informações da coluna Controle Remoto.