Contra “Pânico na Band”, “MegaSenha” tem baixíssimos índices na RedeTV!

O primeiro confronto entre a RedeTV! e o “Pânico na Band”, formado por seus ex-contratados, resultou em uma derrota amarga para a emissora de Amílcare Dallevo e Marcelo de Carvalho.

O “MegaSenha Bombril”, que foi escalado para disputar com o humorístico liderado por Emílio Surita, registrou apenas 0,6 ponto de audiência. O índice é aproximadamente 10% do que o registrado pelo “Pânico” em suas edições mais fracas no decorrer do ano passado.

Na mesma faixa em que o game-show foi ao ar, a Band marcou 9 pontos de média com o “Pânico” e ocupou o terceiro lugar no ranking do Ibope. O SBT ficou em quarto, com 8,5. Já a Globo liderou com 20 e a Record ficou em segundo, com 13 pontos.

Esses índices são prévios e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo. Dados consolidados podem variar para mais ou para menos.

NaTelinha

Anúncios

“Eu tenho medo de casar”, revela Sabrina Sato a jornal

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120325024738.jpg

Em entrevista ao colunista Leo Dias, do jornal “O Dia” deste domingo (25), Sabrina Sato abriu seu coração. Ela falou sobre o trabalho, relacionamentos e a Bandeirantes, sua nova emissora.

Sato afirmou que tem medo de se casar. Ela negou boatos de que seu namorado, Fábio Faria, a estaria enrolando para subir ao altar “Mas quem foi que disse que eu quero casar? Agora eu não tenho condição de casar. Aliás, a verdade é que eu tenho medo de casar. Gosto da minha vida como ela é. Onde eu iria morar, por exemplo? Em São Paulo, Brasília ou em Natal?”, desabafou Sabrina, que quer ter cinco “japonesinhos”, ao colunista.

Sabrina contou que vivem em uma cobertura em Perdizes ao lado das irmãs Karina e Karin: “Eu não dou conta de morar sozinha, não. Aliás, eu não gosto de ficar sozinha. Quando eu quero me isolar, eu me isolo, dentro do apartamento, mas isso é bastante raro. Gosto muito de gente e morar com os meus irmãos é a melhor coisa”.

Sobre a Band, ela disse que ficou impressionada com a emissora. Também revelou ao colunista que não tem vontade de apresentar um programa solo: “Eu não estou preparada, ainda me sinto muito dependente do Emílio e do ’Pânico’…”, finalizou.

NaTelinha

Charles Henriquepédia quer aumento de salário no Pânico na TV

Charles Henriquepédia quer aumento de salário no Pânico na TV

Foi por acaso, mas acabou caindo como uma luva, a chegada de Charles Henrique no Pânico na TV!. Carioca de Campo Grande, boa praça e divertido. O rapaz com olha de ingênuo e bobo – com vasto conhecimento em assuntos ligados à tevê – virou, da noite para o dia, o Charles Henriquepédia, responsável, atualmente, pelos maiores índices de audiência do humorístico comandado por Emílio Surita.

Descoberto pela turma do Pânico em 2009, Charles surpreende os artistas com seu conhecimento em telenovelas e seriados da televisão. Além disso, virou “sósia” de Wagner Love.

Charles Henrique, que já está conhecido pelo refrão ‘ah, muleque!’, é carismático e em maio chegou a figurar entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Um detalhe interessante: para dar entrevistas, Charles precisa de autorização de seus comandantes televisisos. Assim, O Fuxico teve que recorrer a fontes próximas ao moço para colher informações sobre ele.

Como o fato de a chegada de Charles ao programa ter tido uma “função” a mais. Além de se destacar em portas de festas de famosos, papel que antes era da dupla Vesgo (Rodrigo Scarpa) e Silvio (Wellington Muniz), coube incrementar suas aparições para suprir a grande falta do corintiano Zina, que está afastado da atração para cuidar da saúde e por ter se envolvido com drogas e arma. Atualmente Zina, outro que dava boa audiência – responde processo na Justiça e está em casa.

A cada matéria feita, Charles embolsa R$ 500. Mas já reclama aumento. Astuto, o rapaz chega a faturar R$ 5 mil por mês, mas quer aumentar seu cachê. Numa de suas reportagens, Charles contou para a atriz Nívea Stelmann o valor de seu cachê, e diante da indignação da atriz, ele passou a pleitear aumento.

Será que ele vai conseguir? Uma coisa é certa, de bobo, Charles não tem nada.

OFuxico

“Pânico na TV” registra bons índices de audiência

O Pânico na TV que foi ao ar no último domingo (21), ao vivo, pela RedeTV!, registrou audiência média de 8,44 pontos, máxima de 13,7 e 13,92 de participação, segundo dados fornecidos pelo Ibope.

O programa ficou em 2° lugar durante 12 minutos não consecutivos e também atingiu a terceira colocação por 27 minutos não consecutivos no período em que foi exibido.

Emílio Surita nega farsa na invasão do Impostor à cerimônia do Oscar

Mais uma vez a façanha alcançada pelo Impostor, do “Pânico na TV”, vem causando polêmica. No último domingo (14), foi veiculada a invasão de Daniel Zukerman à cerimônia do Oscar.

Daniel Zukerman, o Impostor, gera nova polêmica para o “Pânico na TV”
Divulgação

Entretanto, a conquista de Daniel tem sido questionada, principalmente depois que foi divulgada na Internet um suposto credenciamento da RedeTV! para a cobertura do Oscar. O apresentador do “Pânico”, Emílio Surita, nega a informação. “O impostor entrou sem credencial e não fizemos esse pedido. A ida dele a Hollywood foi decidida de última hora”.

Conta a favor do “Pânico” que no pedido de credenciamento consta o antigo endereço da RedeTV!, que já não é mais usado pelo canal, o que poderia indicar que a credencial divulgada na internet seria de uma edição mais antiga do Oscar.

Com informações do jornal Extra.

Comediante Zina, do ‘Pânico na TV’, é solto em São Paulo

Marcos da Silva Herédia, o Zina, é transferido para o Centro de  Detenção Provisória (CDP) Vila Independência em São Paulo Foto: Euclides  Oltramari Jr /Futura Press

O comediante Marcos da Silva Heredia, o Zina do Pânico na TV, foi solto do Centro de Detenção Provisória (CDP) 3 de Pinheiros às 18h10 desta sexta-feira, informou a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). Zina foi preso no dia 16 de janeiro por porte ilegal de armas.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), Zina teria atirado diversas vezes para o alto em um matagal, nas proximidades de sua casa, no bairro Panamericano, zona norte da capital paulista.

A SAP não soube informar quem emitiu a ordem do soltura do comediante. Zina teve dois pedidos de habeas-corpus negados no fim de janeiro pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). Nos pedidos, os advogados afirmavam que Zina sofre constrangimento ilegal ao permanecer preso, “uma vez que ele é primário, com bons antecedentes, residência certa e ocupação lícita”.

No último dia 22 de janeiro o Ministério Público de São Paulo ofereceu denúncia contra Zina, por porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada. O crime de porte ilegal de arma é inafiançável e pode gerar sentença de dois a quatro anos de prisão, além de multa. O MP também pediu a realização de uma perícia médica para verificar se o comediante sofre de alguma doença mental.

Drogas
Em 28 de novembro do ano passado, Zina foi preso com cocaína e liberado, após assinar um termo circunstanciado – documento usado em ocorrências de menor potencial ofensivo – no 74º Distrito Policial (Jaraguá).

O laudo da perícia feita no Instituto de Criminalística (IC) apontou que a quantidade da droga era de 5 decigramas. Zina não quis prestar depoimento e declarou que só falaria sobre o caso em juízo, por orientação dos advogados. O integrante do Pânico responde a processo em liberdade por porte de drogas e a pena poderá ser prestação de serviços comunitários.

Marcos Heredia ficou famoso após aparecer em um dos quadros do programa humorístico com a frase “Ronaldo, brilha muito no Corinthians”. Atualmente, ele faz aparições ao lado de Sabrina Sato e Alfinete, em matérias relacionadas ao time.